Guia Básico de Proteção Respiratória: Quando usar PFF1, PFF2, Máscaras e outros EPIs

Guia-Protecao-Respiratoria-PFF1 - PFF2 - Máscaras - outros EPIs

Trabalhadores que desenvolvem suas atividades laborais em espaços confinados, locais onde a inalação de poeira, fumo, névoa, gases, vapores ou outros contaminadores existam devem usar Equipamentos de Proteção Individual próprios para proteger as vias respiratórias.

A Norma Regulamentadora 6 (NR6) determina quais EPIs devem ser usados. Os EPIs destinados à proteção respiratória são respiradores, máscaras ou roupas. Dentre vários, descubra qual é o melhor para proteger as suas vias respiratórias. Vamos lá!?

Respiradores

Peças Faciais Filtrantes (PFF) correspondem aos respiradores. A classificação P1, P2, P3 são filtros mecânicos e referem-se à capacidade de retenção do agente contaminante.

PFF1: peça semifacial filtrante que protege as vias respiratórias contra poeiras e névoas.

PFF2: peça semifacial filtrante contra poeiras, névoas e fumos.

PFF3: peça para proteção contra partículas tóxicas finas e radionuclídeos.

Os respiradores podem ser de adução de ar ou purificadores de ar. Os de adução (alimentação) de ar fornecem ar ou outro gás respirável, por meio independente do ar do ambiente. Servem como proteção contra a inalação, deficiência ou contaminantes presentes no ar. Entre eles estão:

Máscara autônoma

Geralmente é uma peça facial inteira, mas em alguns casos é possível usá-la nos modelos semifacial, bocal ou capuz. Elas transportam o ar respirável ao usuário. Protege as vias respiratórias em atmosferas em que a concentração de oxigênio é igual ou menor a 12,5%, conhecidas como Imediatamente Perigosas à Vida e a Saúde (IPVS);

Máscara autônoma de circuito fechado

Nesse tipo de máscara, parte ou todo o gás exalado é purificado e reinalado. A vantagem desse tipo de máscara para as de circuito aberto é o peso: menor. Proporcionam autonomia de 30 minutos a 4 horas, pode ser de pressão positiva ou negativa;

Máscara autônoma de circuito aberto

O gás inalado vai para o ambiente. Trata-se de uma máscara mais simples e com menor custo. Dá ao usuário autonomia de 30 minutos a 1 hora. O gás mais usado é o ar comprimido, podendo ser de pressão positiva ou negativa;

Máscara autônoma de circuito aberto combinada com respirador de linha de ar comprimido

Em um único equipamento há a combinação dos respiradores de ar comprimido e das máscaras autônomas. São usados em situações de fuga a fim de proteger as vias respiratórias contra gases, vapores ou materiais para escape de atmosferas IPVS.

Respiradores de linha de ar comprimido

Esse respirador fornece o ar por meio de mangueira conectada a compressor, rede de ar comprimido ou bateria de cilindros. A transmissão é feita ao trabalhador por meio de mangueira conectada a um cinturão. A vazão do ar é realizada por válvula de ajuste ou orifício. Assim, o ar exalado escapa para o ambiente pela válvula ou por abertura na peça, que pode ser semifacial, facial inteira, capuz, capacete ou roupa inflamável. Deve ser usado se a fuga do usuário, em caso de emergência, não oferecer risco sem o uso.

  • Respirador de linha de ar comprimido de fluxo contínuo: em modelo tipo capuz ou capacete tem o mínimo de 170 litros/minutos, já a peça facial deve conter o mínimo de 120 litros/minuto.
  • Respirador de linha de ar comprimido de demanda sem pressão positiva: usam peças semifaciais ou faciais inteiras compostas com válvula de exalação especial.
  • Respirador de linha de demanda com pressão positiva: usa peça facial inteira ou semifacial para ser usada em atmosferas em que o oxigênio é maior que 12,5%.

Respirador de linha de demanda com pressão positiva tipo peça facial inteira e cilindro auxiliar para fuga

Peça facial inteira, com cilindro de ar a fim de proporcionar o escape. A autonomia desse respirador é igual ou menor a 15 minutos. Em atmosferas IPVS –Imediatamente Perigosas à Vida e a Saúde – deve ser usado com a linha de ar comprimido, sendo que o cilindro deve ser usado para fuga.

Respiradores de ar natural

Uma peça facial inteira conecta-se por meio de traqueia a uma mangueira de ar cujo comprimento está limitado a 23m. O ar de um ambiente sem contaminação é conduzido às vias respiratórias do trabalhador, sua exalação é feita por válvula.

Respiradores purificadores de ar

O ar do ambiente é filtrado a fim de remover aerossóis, gases, vapores ou a combinação desses contaminantes. Não protegem as vias respiratórias em atmosferas com oxigênio menor que 18% ao nível do mar. Os respiradores de pressão negativa são de vedação facial.

Os purificadores de ar motorizados possuem bateria, motor e ventoinha, e são levados junto ao corpo do trabalhador.

Respiradores purificadores de ar com filtro químico

Cobrem as vias respiratórias com uma peça um quarto facial, semifacial, facial inteira, semifacial filtrante ou bocal. Não protegem contra contaminantes aerossóis. É necessário usar filtros e deve-se observar o período de troca.

Respiradores purificadores de ar com filtro mecânico

Cobrem as vias respiratórias por meio de peça um quarto facial, semifacial, facial inteira ou peça semifacial filtrante. Só protege de contaminantes aerossóis.

Respiradores purificadores de ar com filtro combinado

Possuem filtro mecânico e filtro químico superpostos para remover de forma simultânea aerossóis, gases e vapores do ar.

Respirador de adução de ar e purificador de ar

É a combinação do respirador e do purificador de ar. Se o modo de adução não estiver em uso, o purificador estará.

Você, sabia que também existem roupas de proteção respiratória? A função delas é proteger as vias respiratórias e a pele.

Gostou desse post? Tem algum comentário para enriquecer esta matéria? Contamos com a sua colaboração.

Esse post foi útil para você, então temos certeza de que você gostará deste conteúdo: “Mercado de EPIs | Informações atualizadas”.

Até breve!

Posts Relacionados

raspa-protege-contra-radiacao-ultravioleta

A proteção contra radiação ultravioleta é uma preocupação constante na segurança do trabalho, em especial...

saude-mental-no-trabalho

Integrar a saúde mental no ambiente de trabalho tem se mostrado crucial para promover o...

abril-verde

Em 2022, foram notificados 612,9 mil acidentes de trabalho no Brasil, dentre eles 148,8 mil...

Comentários

2 respostas

    1. Olá Ernani, bom dia!
      Ficamos felizes em saber sobre sua opinião.
      Estamos trabalhando cada dia mais para entregar informações úteis e relevantes para todos os participantes do Mercado de EPIs.
      Fique conosco!
      Um grande abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *