Psicologia ocupacional: o que é e por que ela é importante

psicologia-ocupacional-e-importante

A psicologia ocupacional tem um papel essencial para saúde e segurança do trabalho (SST). Ao cuidar da saúde mental dos trabalhadores, essa área contribui para prevenção e tratamento da depressão, ansiedade, síndrome de burnout e outros transtornos mentais.

Além disso, ao atuar em parceria com a equipe de SST, a psicologia ocupacional também promove a melhora da qualidade de vida dos colaboradores e, consequentemente, dos resultados da empresa.

O que é psicologia ocupacional?

A psicologia ocupacional, também conhecida como psicologia organizacional ou do trabalho, busca compreender as relações interpessoais dentro do ambiente empresarial, assim como também analisar o comportamento individual dos funcionários, bem como a interação de cada um no coletivo.

Função da psicologia ocupacional no ambiente de trabalho

Por meio do cuidado com a saúde mental dos trabalhadores, a psicologia do trabalho tem como missão promover o bem-estar no ambiente organizacional. Para isso, além de lidar com temas pessoais dos funcionários, o psicólogo trabalha questões capazes de mitigar a raiz de problemas no ambiente laboral.

Ou seja, o psicólogo ocupacional atua na prevenção da ocorrência e solução de problemas gerais no ambiente de trabalho que afetam negativamente o bem-estar físico e mental dos colaboradores, por meio das seguintes atitudes:

  • Identificar na organização aquilo que representa risco para a saúde mental do trabalhador;
  • Propor ações para acabar o amenizar os riscos detectados;
  • Acompanhamento e aconselhamento dos colaboradores;
  • Promover a mediação de conflitos;
  • Desenvolver ações, como dinâmicas ou palestras, voltadas para o bem-estar dos colaboradores.

Trabalhadores da indústria: por que promover a saúde mental no trabalho?

Os chamados transtornos mentais relacionados ao trabalho (TMRT), como ansiedade, estresse, entre outros, representam a 3ª maior razão do afastamento de trabalhadores e há uma tendência de crescimento. Só em 2021, segundo o INSS, mais de 200 mil pessoas foram afastadas do trabalho por causa da saúde mental.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais problemas detectados no ambiente de trabalho capazes de afetar negativamente a saúde mental dos colaboradores são:

  • Sobrecarga de responsabilidades;
  • Pressão e cobrança exagerada;
  • Autoritarismo dos chefes e gestores;
  • Falta de valorização;
  • Dificuldade ou falta de comunicação com outros empregados;
  • Assédio moral.

Mas não é só isso, em setores como o das indústrias, onde os empregados manipulam diariamente substâncias químicas nocivas, equipamentos ou máquinas perigosas, por exemplo, o nível de estresse é ainda maior, principalmente quando a organização não fornece EPIs adequados.

Sinais de problemas com a saúde mental do trabalhador

Fique atento aos sintomas para garantir um ambiente de trabalho saudável. Para isso, é importante olhar para o comportamento dos empregados no dia a dia, a fim de detectar sinais de alerta, tais como:

  • Mau humor ou estresse constante;
  • Apatia ou sonolência;
  • Tristeza;
  • Inquietação;
  • Dificuldade para completar tarefas ou até mesmo iniciar;
  • Mudança dos hábitos alimentares.

Saúde mental dos trabalhadores: como a empresa pode ajudar?

Além de promover o acompanhamento e diálogo com os colaboradores por meio da psicologia ocupacional, a organização precisa atacar os pontos críticos capazes de abalar o bem-estar dos trabalhadores e, consequentemente, o bom funcionamento do negócio.

No caso de uma indústria como a metalúrgica, por exemplo, onde os trabalhadores lidam diariamente com situações perigosas para a saúde mental e física, também é importante garantir a segurança no ambiente de trabalho por meio da manutenção dos equipamentos e fornecimento dos EPIs adequados para cada setor.

A Luva de Cobertura ou Luva de Cobertura para Eletricista é um bom exemplo de proteção indispensável para garantir a tranquilidade do trabalhador que lida diariamente com riscos elétricos. Esse item é usado em conjunto com a luva de alta tensão.

Agora que você leu este artigo sobe psicologia ocupacional e a importância dela para a saúde e segurança do trabalhador, conte aqui nos comentários o que você conhecia do tema e como pretender colocar em prática na sua organização.

Aguardamos sua participação.

Grande abraço e até a próxima!
Fernando Zanelli

 

Posts Relacionados

raspa-protege-contra-radiacao-ultravioleta

A proteção contra radiação ultravioleta é uma preocupação constante na segurança do trabalho, em especial...

saude-mental-no-trabalho

Integrar a saúde mental no ambiente de trabalho tem se mostrado crucial para promover o...

abril-verde

Em 2022, foram notificados 612,9 mil acidentes de trabalho no Brasil, dentre eles 148,8 mil...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *