Loja de materiais de construção: O que é preciso para começar

comecar-loja-de-material-de-construcao

Abrir um negócio e fazer a sua gestão não é uma tarefa tão simples quanto parece. Quando falamos em administrar um empreendimento, é preciso levar vários aspectos em consideração no dia a dia, como estrutura do local, plano financeiro, organização, gestão comercial, materiais de propaganda e vários outros pontos que se formos abordar ficaremos um longo tempo falando sobre.

Esse desafio pode ser ainda maior quando falamos de nichos específicos como as lojas de materiais de construção. Para oferecer mercadorias ao setor, que é um dos que mais crescem no Brasil mesmo em meio à crise, é preciso investir em planejamento e organização.

Se você tem interesse em investir neste segmento, esse blogpost é para você. Vamos falar tudo o que você precisa saber para administrar com eficiência uma loja de materiais de construção.

Como gerir uma loja de material de construção?

Antes de dar qualquer passo é preciso elencar o que já se tem até o momento e pensar a longo prazo: como imagino a minha loja daqui a 5 anos? E daqui a 10 anos?

Depois de refletir sobre esses dois pontos, é hora de começar a colocar a mão na massa para organizar uma gestão de sucesso.

1º passo: controle das finanças por meio de indicadores de negócio

Para o seu negócio ter sucesso é preciso que o planejamento financeiro esteja em dia e alinhado com os objetivos. Por isso, é preciso olhar fluxo de caixa, folha de pagamento, valor de estoque, os impostos e outros dados financeiros para transformá-los em indicadores como: margem de contribuição, geração de receita, crescimento do negócio, nível de segurança financeiro etc.

2º passo: forme parcerias com fornecedores confiáveis e especialistas no mercado

Sua loja precisa ser reconhecida pela qualidade do que oferece. E para que isso aconteça, realizar parcerias estratégicas com empresas experientes no assunto, como a Zanel, fazem toda a diferença.

Além de garantir os melhores produtos, você não irá se preocupar com problema de trocas e itens quebrados, fora a garantia oferecida por essas empresas.

3º passo: controle de estoque

Com o financeiro organizado, parcerias estratégicas com fornecedores formadas, é hora de organizar o estoque dos seus produtos. Esse ponto é fundamental para uma gestão eficiente e lucrativa em toda loja de materiais de construção, pois evita erros, prejuízos e faltas de produtos nas prateleiras.

Dica de gestão: separe os produtos por categoria e atualize o controle sempre que fizer uma compra ou venda de determinada mercadoria.

4º passo: organize o ponto de venda

Cuidar da estética do seu ponto de venda é essencial para atrair mais clientes e melhorar a imagem do negócio. Invista em prateleiras acessíveis, materiais de comunicação no interior, uma fachada com destaque para o nome do negócio, cores que reforcem a identidade da sua marca e materiais de merchandising.

Dica: Muitos fabricantes oferecem material de PDV, você pode deixar sua loja mais atraente, sem gastar nenhum dinheiro.

5º passo: gestão das vendas

As vendas recorrentes são essenciais para manter a sua loja de portas abertas. Para tornar isso possível, contrate vendedores experientes no assunto e crie um processo de vendas onde esteja definido as vantagens de cada produto, quais podem ser complementares para oferecer uma venda conjunta, como quebrar objeções e outros aspectos em importantes no universo das vendas.

6º passo: ferramentas tecnológicas

Você sozinho não consegue fazer tudo, por isso, ter como aliado ferramentas tecnológicas como softwares de gestão são ótimas para otimizar tarefas manuais e centralizar informações.

Produtos que não podem faltar em uma loja de construção

Quando um cliente vai a uma loja de materiais de construção ele busca uma coisa: praticidade para comprar. Ou seja, encontrar tudo o que ele precisa em um local só! Por isso, é fundamental ter um mix variado de produtos no estoque de sua loja.

Para te ajudar, separamos abaixo itens indispensáveis que o seu negócio deve oferecer se quiser ser atrativo e lucrativo.

Confira.

  • Cimento;
  • Tijolos;
  • Argamassas;
  • Tintas: látex, PVA, acrílica, a óleo, esmalte, verniz acrílica e outras;
  • Tubos e Conexões: para água fria, água quente e esgoto;
  • Torneiras;
  • Registros;
  • Duchas;
  • Assento Sanitário;
  • Quadros de distribuição;
  • Caixa de luz;
  • Madeiras.

BÔNUS: muitas lojas de construção investem somente em produtos base, como os citados a cima, e esquecem um tipo de produto muito importante e fundamental para qualquer tipo de obra e reforma: os EPIs.

Vender equipamentos de proteção individual como a Luva de Vaqueta, óculos de proteção, respiradores PFF2, aventais e outros, pode proporcionar um grande diferencial competitivo para o seu negócio e mais: VENDAS!

Agora que você já sabe por onde começar a sua loja de materiais de construção, aproveite para ver mais dicas sobre organização e gestão neste artigo que fizemos.

Me conta o que achou do nosso conteúdo? Te ajudou a entender as etapas e o que é fundamental investir? Conte para nós nos comentários!

Espero sua interação!

Abraços
Fernando Zanelli

cta_blog_zanel_ebook_guia

Posts Relacionados

epis-de-raspa-e-vaqueta-na-revenda

Quando se trata de garantir a segurança no ambiente de trabalho, especialmente em setores como...

luva-de-cobertura-o-que-e-e-como-deve-ser-utilizada-2

[Nota de atualização: Conteúdo revisado e atualizado em 2024, de acordo com as diretrizes atuais...

luva-de-raspa-zanel

[Nota de atualização: Conteúdo revisado e atualizado em 2024, de acordo com as diretrizes atuais...

Comentários

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *