Desvende a NR 34, suas aplicações, atualizações e treinamentos

desvende-a-nr-34-suas-aplicacoes-atualizacoes-e-treinamentos

As Normas Regulamentadoras, conhecidas como NRs, reúnem uma série de protocolos que visam a prevenção de saúde e bem-estar dos funcionários e demais envolvidos nas atividades laborais de risco os quais devem ser seguidos juntamente ao uso de EPIs.

Aliás, já publicamos em nosso blog um material que traz as definições e utilidades das NRs. Sugerimos que você confira para ampliar sua reflexão!

Nos próximos posts vamos discutir detalhadamente sobre cada uma das NRs que você deve dominar. Hoje, nossas atenções serão direcionadas à NR 34. Ao final, você irá entender o que é a NR 34, suas aplicações, atualizações e demais pontos pertinentes. Vamos lá? Boa leitura!

O que é a NR 34?

A NR 34 é a norma regulamentadora relacionada à segurança na indústria de construção, reparação e desmonte naval, com foco nas ações de soldagem, goivagem, esmerilhamento, corte e outras que gerem aquecimento, chama ou similares.

Concentram-se nessa norma todas as atividades acima listadas, quando executadas em ambientes destinados ou não para este fim, como navios, barcos, lanchas, plataformas fixas ou flutuantes e correlatos.

Por que você deve seguir a NR 34?

A responsabilidade principal do empregador é garantir a segurança de seus colaboradores. Tal segurança é obtida através do uso correto de EPIs, como a Blusão de Raspa ou Perneira de Raspa, além do cumprimento das regras propostas pela NR 34.

Mas e se eu não seguir as normas? Aí, além de colocar em risco a saúde dos seus colaboradores, ainda há a questão das infrações, que resultam em multas. Os cálculos são baseados em UFIRs.

A gradação das multas ocorre de acordo com o número da infração, o tipo de infração e a quantidade de funcionários. Além disso, são avaliados os itens da NR que foram autuados, bem como a origem da multa – se é da Segurança ou Medicina do Trabalho.

A importância dos treinamentos admissionais na NR 34

Outro ponto relevante relacionado às NRs é a frequência de treinamentos. Sempre que a empresa for contratar um novo colaborador, ou quando ocorrer alguma alteração nas condições de trabalho – até mesmo com a ocorrência de um acidente mais grave – é necessário realizar novos treinamentos, a fim de capacitação ou atualização dos procedimentos.

No caso das empresas que trabalham com soldagem, goivagem, esmerilhamento, corte e outras que gerem aquecimento, os treinamentos devem se direcionar aos seguintes pontos:

  1. Utilização correta e segura de todos os EPIs.
  2. Informação sobre a disposição dos EPCs (Equipamentos de Proteção Coletivos).
  3. Os riscos à que cada atividade está suscetível.
  4. Especificações do ambiente de trabalho.

Quando os treinamentos são disponibilizados com a frequência ideal, a empresa reduz os riscos de acidentes de trabalho, otimizando seus processos com suporte do quadro total de funcionários. Então, vale a máxima: quer uma empresa segura para os colaboradores? Aposte no combo EPI + cumprimento às NRs + treinamentos!

Algumas das atualizações da NR 34 que você precisa conhecer

A NR 34, assim como outras normas regulamentadoras, receberam atualizações através da Portaria MTB n.º 790, em 09 de junho de 2017. Essa é atualização mais recente. Veja a seguir as principais alterações propostas pela portaria:

  • A partir da publicação do D.O.U., a NR 34 passou a ser denominada como “Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção, Reparação e Desmonte Naval”.
  • Quando a empresa realiza atividades envolvendo radiações ionizantes, como radiografia e gamagrafia, é obrigatória a manutenção de medidas de segurança e prevenção aos riscos da radiação.
  • Toda empresa deve possuir um Supervisor de Proteção Radiológica – SPR, dedicado exclusivamente a fiscalização das atividades de risco.
  • As atividades sensíveis às radiações ionizantes devem ser executadas de acordo com respectiva portaria.
  • Caso haja mudança nas condições climáticas que potencializem o risco das atividades, estas devem ser interrompidas de imediato.
  • A empresa deve manter no estabelecimento todos os documentos relativos aos profissionais registrados pela CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear) para a realização das atividades.
  • Se a empresa terceiriza seus serviços, as cópias dos documentos acima mencionados devem ser mantidas na sede da contratante.
  • Antes de realizar ações envolvendo radiações ionizantes, a empresa deve elaborar um plano específico de proteção, que deve conter informações como características da fonte radioativa, do equipamento (potência, foco etc.), o método de armazenamento da fonte radioativa, a movimentação da fonte radioativa, dentre outros.

Concluindo

Como vimos, o entendimento da NR 34 está totalmente relacionado ao sucesso e segurança dos negócios que envolvem trabalho a quente, soldas e radiações ionizantes, com foco na indústria de construção, reparação e desmonte naval. Assim, você garante o bem-estar do seu ambiente laboral, bem como a legalidade da empresa, principalmente livrando-a de possíveis infrações e multas.

Com todas as informações que trouxemos hoje, esperamos ter elucidado o tema e contribuído com informações relevantes para você. Esse é apenas o primeiro de muitos Blog Posts que faremos detalhando as demais NRs existentes!

Agora, que tal compartilhar nosso conteúdo com seus parceiros profissionais, afim de frisar a importância de seguir à risca os protocolos propostos pela NR 34? Fortaleça o debate e promova a segurança e o bem-estar dentro das empresas.

Nos vemos em breve,
Fernando Zanelli

cta_recompensa_blog_zanel_recibo_entrega_devolucao_troca_epi_vestimenta

Posts Relacionados

prejuizo-por-nao-usar-epi

O não uso de EPIs (equipamentos de proteção individual) pode causar prejuízos e tornar uma...

raspa-protege-contra-radiacao-ultravioleta

A proteção contra radiação ultravioleta é uma preocupação constante na segurança do trabalho, em especial...

saude-mental-no-trabalho

Integrar a saúde mental no ambiente de trabalho tem se mostrado crucial para promover o...

Comentários

24 respostas

  1. Olá, boa tarde , quero agradecer pela matéria que me foi enviada, e parabenizá-los pela divulgação de informações muito importantes para o nosso desenvolvimento profissional, sempre com muita segurança e um bom conhecimento.

    Forte Abraço

  2. Boa noite, Fernando,
    Muito interessante, e bem específica esta norma! Será que existe uma fiscalização presente neste segmento?

    1. Cara Luis, bom dia!
      Esta NR realmente é bem interessante.
      Em relação a fiscalização, é complicado… Nunca há fiscalização suficiente, não é mesmo!?
      Contamos com o bom senso de todos!
      Obrigado por participar.
      Abraços,
      Fernando

  3. Boa Noite!!, parabenizo a todos os envolvidos pela divulgação de informações importantes.

    Abraço,
    Atte.

  4. Bom dia, tenho um dúvida com relação a NR-34, a empresa onde trabalho não é do ramo naval porém possui soldador e faz construção de tubulações de gás. A empresa é obrigada a seguir esta norma ou não?
    Obrigado!

    1. Lucas, bom dia!
      Obrigado por sua participação.
      Não temos autoridade para opinar, mas sugiro que você procure o TST da empresa para expor sua preocupação.
      Boa sorte!
      Abraços,
      Fernando

  5. Boa tarde, muito bom o conteúdo. Gostaria de fazer uma pergunto. Quem pode ficar como Supervisor de Proteção Radiológica – SPR?? Fico no aguardo abraço

    1. Caro Rodrigo, boa tarde.
      Obrigado por participar do nosso blog!
      Infelizmente, não temos competência para falar sobre este assunto, ou para te responder com segurança.
      Sugiro que você procure um profissional especializado que possa te ajudar!
      Boa sorte!
      Fernando

  6. Fernando,

    Como profissional da área, vejo com muita atenção a questão sobre o treinamento, e sua qualidade. Muitas das vezes observo que os treinamentos não contemplam o descrito na norma, trazendo a necessidade de conferência de todos os certificados dos funcionários e, principalmente, dos terceirizados.

    Para um ajudar, a maiorias dos treinamentos em instituições externas a empresa, dão o nome de do curso de NR-34. Essa atitude contribui para que os profissionais que trabalham com a contratação de pessoas e/ou serviços, a possibilidade de erro.

    Tanto para os profissionais, quanto para as empresas, começar a discutir e evoluir o entendimento sobre está Norma Regulamentadora, bem como os seus anexos, é de suma importância.

    1. Caro Albert, bom dia!
      Agradeço imensamente seu tempo e cuidado na explanação.
      Também acreditamos no treinamento e em difundir o conhecimento!
      Por favor, esteja sempre conosco, ok?
      Um grande abraço,
      Fernando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *