Análise de Acidentes de Trabalho

analise-de-acidentes-do-trabalho

Acidentes e enfermidades laborais causam sofrimento ao trabalhador e às suas famílias, além de altos custos para as empresas, para o próprio colaborador e à sociedade. Por isso, realizar análise dos acidentes do trabalho é necessário e importante para melhorar o gerenciamento dos riscos.

Quando um acidente ocorre no ambiente de trabalho, a análise auxiliará a entender os fatores causais que levaram o trabalhador a se acidentar, quais sistemas falharam, por qual razão houve falha etc. Com a identificação das ocorrências, é possível implementar medidas para que acidentes semelhantes não voltem a acontecer. O processo é feito por meio da coleta sistemática, obtenção de informações relevantes e a documentação para ser usada como base e entendimento das ocorrências.

Muito importante esse assunto, não é mesmo? Vamos continuar conversando a respeito? Veja mais informações neste blogpost.

Definindo acidente

Perigo de acidente é qualquer situação com potencial de causar lesões ou ferimentos no colaborador; ou danos à empresa, em suas instalações, ambiente etc.

Incidente é um evento que não foi planejado e nem desejado, porém não há perdas.

Acidentes são eventos involuntários que resultam em ferimentos, doenças ou perdas materiais. Acidentes e incidentes são evitáveis, pois acontecem devido a deficiências corrigíveis no sistema de segurança e controle de perdas de uma organização.

Os acidentes quase nunca têm uma única causa, pois se tratam de cadeias de eventos e circunstâncias. Para investigar as causas, a análise se divide entre:

  • Análise causal
  • Análise de especialista
  • Análise organizacional

Por meio da análise de acidente, o empregador pode revisar sua política de segurança, quando há; se não existe, é a oportunidade para implementar. Além disso, abre espaço para atualizar a avaliação de risco ou os controles, bem como modernizar todo o sistema de segurança da empresa.

Uma boa investigação sobre um acidente pode revelar fatores contribuintes e recomendar várias medidas preventivas.

Os acidentes são investigados por profissionais de segurança, os quais têm experiência na área relacionada. Por isso, é importante que sejam realizados treinamentos continuados para toda a equipe, preparando os colaboradores para atuarem segundo as suas responsabilidades.

Os acidentes devem ser considerados como oportunidade para todos aprenderem sobre segurança e obterem conhecimento. Como esses eventos estão ligados a variáveis ambientais ou humanas, a análise investigativa requer a obtenção do máximo de informações para apoiar a implementação de processos preventivos.

Responsabilidade pela Análise de Acidentes

A Análise de Acidente deve ser realizada pela Comissão Interna de Prevenções de Acidentes (CIPA), com a participação do trabalhador que sofreu o acidente, testemunhas e a supervisão direta. Se houver o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina no Trabalho (SESMT) dentro da empresa, a CIPA auxilia pesquisando as causas de acidentes e de doenças ocupacionais.

A responsabilidade do trabalhador é agir com segurança, utilizar todos os EPIs que lhe forem fornecidos, por exemplo, se um trabalhador estiver montando estruturas metálicas, deverá usar Luva de Vaqueta para proteger suas mãos, porém se não utilizar e se acidentar terá deixado de cumprir com a sua parte na segurança. A falta do uso do EPI pode ser relacionado juridicamente como imprudência, negligência ou imperícia.

O colaborador que operar equipamento sem autorização ou mudar os procedimentos de segurança a fim de ganhar tempo descumpre as normas e procedimentos. Por isso, a fim de todos os métodos de segurança ocorram, a Norma Regulamentadora 4 (NR-4) prevê que os profissionais integrantes dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho devem:

  • aplicar os conhecimentos de engenharia de segurança e de medicina do trabalho ao ambiente de trabalho e a todos os seus componentes, inclusive máquinas e equipamentos, de modo a reduzir até eliminar os riscos ali existentes à saúde do trabalhador;
  • promover atividades de conscientização, educação e orientação dos trabalhadores para a prevenção de acidentes do trabalho e doenças ocupacionais;
  • esclarecer e conscientizar os empregadores sobre acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, a fim de proporcionar a prevenção;
  • registrar mensalmente os dados atualizados de acidentes do trabalho, doenças ocupacionais e agentes de insalubridade; entre outras ações.

Passos para a Análise de Acidentes

A análise de um acidente deve considerar a causa primária. Assim que é determinada, deve-se procurar os fatos que geraram o acidente, o que jamais se deve fazer é buscar culpados.

O processo de análise deve seguir os seguintes passos:

  • Comunicar o acidente à equipe de segurança do trabalho;
  • Realizar o primeiro atendimento do trabalhador acidentado;
  • Analisar o acidente;
  • Detectar as causas;
  • Desenvolver um plano de correção dos problemas que causaram o acidente;
  • Implementar o plano;
  • Avaliar a efetividade do plano de correção;
  • Realizar as mudanças necessárias para a melhoria contínua da segurança na empresa.

Creio que este conteúdo ajudará você e sua empresa nesta questão, correto?

Espero ter ajudado a manter todos os seus colaboradores em segurança, e caso tenha alguma necessidade de produtos de Raspa e Vaqueta, conheça nosso portfólio!

Até o próximo conteúdo,
Fernando Zanelli

cta_blog_zanel_ebook_guia

Posts Relacionados

raspa-protege-contra-radiacao-ultravioleta

A proteção contra radiação ultravioleta é uma preocupação constante na segurança do trabalho, em especial...

saude-mental-no-trabalho

Integrar a saúde mental no ambiente de trabalho tem se mostrado crucial para promover o...

abril-verde

Em 2022, foram notificados 612,9 mil acidentes de trabalho no Brasil, dentre eles 148,8 mil...

Comentários

2 respostas

  1. Como sempre, um texto muito bem redigido com acapacidade, clareza e objetividade…
    Parabéns e gratidão pelo arterial…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *