Saúde mental no trabalho: veja como a SST pode ajudar

saude-mental-no-trabalho

Integrar a saúde mental no ambiente de trabalho tem se mostrado crucial para promover o bem-estar dos colaboradores e impulsionar a produtividade nas organizações. Hoje, mais do que nunca, profissionais de segurança do trabalho desempenham um papel fundamental na garantia de um ambiente laboral saudável, que vá além das preocupações físicas.

Imagine um cenário onde um trabalhador, sobrecarregado por demandas excessivas e pressões constantes, começa a demonstrar sinais de estresse e ansiedade no trabalho. Aqui entra o papel crucial dos profissionais de segurança do trabalho, que não só identificam esses problemas, mas também implementam medidas proativas para mitigá-los.

Por exemplo, ao oferecer máscaras respiratórias confortáveis e ergonômicas, esses profissionais não só protegem os trabalhadores de substâncias nocivas, mas também contribuem para um ambiente de trabalho mais seguro e menos estressante. Assim, a colaboração dos profissionais de SST pode ser um catalisador poderoso para a promoção da saúde mental no ambiente laboral.

Pensando na importância da segurança do trabalho no combate à falta de saúde mental nas empresas, reunimos neste texto as principais informações que você precisa para agir no dia a dia e reduzir as consequências dessa situação. Então, continue a leitura e confira o nosso conteúdo completo sobre o tema. Vamos lá!

O que é saúde mental no ambiente de trabalho?

A saúde mental no ambiente de trabalho vai além da ausência de transtornos mentais. É um estado de bem-estar psicológico que permite ao colaborador trabalhar de forma produtiva e, ao mesmo tempo, se sentir realizado ao final do dia.

Nesse sentido, um ambiente de trabalho saudável é fundamental para manter a saúde mental dos trabalhadores e para que a organização obtenha o sucesso desejado. Por isso, é imprescindível que as empresas se preocupem com isso todos os dias.

Assim, será possível criar uma cultura de segurança, bem como políticas e processos que ajudem a preservar tanto a saúde física quanto mental das pessoas que ajudam a construir o presente e o futuro da empresa.

Qual é a relação do trabalho com a saúde mental?

A relação entre o trabalho e a saúde mental é complexa, já que o trabalho pode ter tanto impactos positivos quanto negativos na nossa saúde das pessoas que trabalham dentro das organizações.

Por exemplo, a execução das tarefas diárias dentro da empresa pode impactar positivamente o trabalhador quando proporciona um senso de propósito e significado na vida, bem como oferece oportunidades de socialização, crescimento profissional e interação com outras pessoas.

Por outro lado, essa relação também pode trazer impactos negativos na vida do funcionário, ou seja, pode prejudicar em diversos níveis a sua integridade mental e até física dependendo da situação.

Isso normalmente acontece quando ele está exposto ao excesso de trabalho e longas jornadas, pressão para atingir metas inalcançáveis e condições de trabalho inseguras ou insalubres. Sem contar o assédio moral ou sexual que é uma realidade em muitas empresas.

Qual a importância da saúde mental no ambiente de trabalho?

Quando falamos de trabalhadores com ótima saúde mental, estamos falando de pessoas altamente produtivas e que executam suas atividades com amor e competência. Além disso, são indivíduos que sabem muito bem equilibrar sua vida pessoal e profissional.

Por isso, a saúde mental no ambiente de trabalho é de extrema importância para o bem-estar dos colaboradores e para o sucesso das empresas. Um ambiente de trabalho saudável contribui para diversos benefícios, em especial para o empregador.

Nesse caso, é possível reduzir o estresse e o burnout, aumentar a produtividade e a criatividade dos trabalhadores, melhorar a qualidade de vida dentro e fora da empresa, reduzir o absenteísmo, o presenteísmo e a rotatividade, entre outros.

Assim, a empresa consequentemente melhora o seu clima organizacional e reduz os custos com saúde. Além disso, consegue promover uma marca empregadora mais sólida que ajuda a atrair e reter os melhores colaboradores, bem como demonstra responsabilidade social perante a sociedade.

Quais as consequências da falta de saúde mental no trabalho?

Existem vários fatores que moderam a relação entre trabalho e saúde mental, por isso temos tanto o impacto de fatores organizacionais quanto dos individuais na vida do trabalhador.

Vamos começar analisando no quadro abaixo as características do trabalho que podem interferir na saúde e suas respectivas consequências tanto para o funcionário quanto para a empresa.

CausasConsequências para o trabalhadorConsequências para a empresa
Carga de trabalho excessivaEstresse, ansiedade, burnout, fadiga, desmotivação, absenteísmo, queda na produtividade, baixo engajamento, rotatividade de funcionáriosAumento do absenteísmo, queda na produtividade, aumento do turnover, prejuízos à reputação, aumento dos custos com saúde, processos trabalhistas, ambiente de trabalho hostil
Falta de autonomiaFalta de controle sobre o trabalho, desmotivação, baixa autoestima, sensação de impotência, alienação no trabalhoDificuldade em atrair e reter talentos, queda na produtividade, aumento do absenteísmo e do turnover
Falta de reconhecimentoDesmotivação, frustração, baixa autoestima, ressentimento, busca por novas oportunidadesDificuldade em atrair e reter talentos, queda na produtividade, aumento do absenteísmo e do turnover
Comunicação ineficazMal-entendidos, conflitos, desconfiança, falta de colaboração, ambiente de trabalho hostilDificuldade em atrair e reter talentos, queda na produtividade, aumento do absenteísmo e do turnover
Assédio moral e sexualEstresse, ansiedade, depressão, medo, insegurança, baixa autoestima, danos à reputação, afastamento do trabalhoDificuldade em atrair e reter talentos, queda na produtividade, aumento do absenteísmo e do turnover, processos trabalhistas, imagem negativa da empresa
Jornadas de trabalho longasFadiga, estresse, problemas de saúde física e mental, desequilíbrio entre vida profissional e pessoalAumento do absenteísmo, queda na produtividade, aumento do turnover, custos com substituições, sobrecarga de trabalho para os demais funcionários
Ambiente de trabalho precárioInsalubridade, ergonomia inadequada, riscos à segurança, desconforto, absenteísmo, doenças ocupacionaisAumento do absenteísmo, queda na produtividade, aumento do turnover, custos com substituições, sobrecarga de trabalho para os demais funcionários, processos trabalhistas, imagem negativa da empresa
Falta de oportunidades de crescimentoEstagnação profissional, desmotivação, frustração, busca por novas oportunidadesDificuldade em atrair e reter talentos, queda na produtividade, aumento do absenteísmo e do turnover
Cultura organizacional tóxicaCompetitividade excessiva, individualismo, falta de colaboração, ambiente de trabalho hostil, estresse, ansiedade, depressãoDificuldade em atrair e reter talentos, queda na produtividade, aumento do absenteísmo e do turnover, imagem negativa da empresa
Resumo dos fatores organizacionais e suas consequências na saúde mental nas empresas.

Não podemos deixar de falar também das características individuais e do suporte social do trabalhador, pois isso também impacta diretamente na sua saúde mental e, consequentemente, no seu trabalho no dia a dia dentro da organização. Veja no quadro abaixo os principais fatores individuais e suas respectivas consequências.

CausasConsequências para o trabalhadorConsequências para a empresa
Predisposição a transtornos mentaisAnsiedade, depressão, transtornos de personalidade, maior risco de desenvolver problemas de saúde mental no trabalhoAumento do absenteísmo, queda na produtividade, aumento do turnover, custos com substituições, sobrecarga de trabalho para os demais funcionários
Dificuldades em lidar com o estresseIncapacidade de gerenciar as demandas do trabalho, maior propensão a desenvolver problemas de saúde mentalAumento do absenteísmo, queda na produtividade, aumento do turnover, custos com substituições, sobrecarga de trabalho para os demais funcionários
Problemas pessoaisDificuldades financeiras, problemas familiares, problemas de relacionamento, podem afetar a saúde mental no trabalhoAumento do absenteísmo, queda na produtividade, aumento do turnover, custos com substituições, sobrecarga de trabalho para os demais funcionários
Falta de habilidades de comunicaçãoDificuldade em se comunicar com colegas e superiores, pode levar a conflitos e problemas de relacionamento no trabalhoDificuldade em atrair e reter talentos, queda na produtividade, aumento do absenteísmo e do turnover
Falta de rede de apoio socialIsolamento no trabalho, falta de amigos e colegas com quem conversar, pode aumentar o risco de problemas de saúde mentalAumento do absenteísmo, queda na produtividade, aumento do turnover, custos com substituições, sobrecarga de trabalho para os demais funcionários
Resumo dos fatores individuais e suas consequências na saúde mental nas empresas.

Como a saúde mental influencia na segurança dentro da empresa?

Infelizmente, problemas de saúde mental podem prejudicar diretamente o desempenho dos trabalhadores e, muito pior, podem provocar situações que colocam suas vidas em risco. Isso porque eles podem ficar mais desatentos, cansados, frustrados e infelizes.

Por exemplo, um trabalhador na indústria com fadiga mental ou estresse pode ter maior dificuldade em operar máquinas complexas com segurança, o que aumenta o risco de acidentes. Já um funcionário na área da saúde exposto a muitas situações de estresse, pode cometer erros médicos, o que pode colocar em risco a vida dos pacientes.

Sem contar os profissionais que atuam na construção civil, que podem ter maior probabilidade de se envolver em comportamentos de risco, como trabalhar em alturas sem os devidos equipamentos de segurança. Portanto, trabalhadores com a saúde mental abalada têm maiores chances de sofrer acidentes de trabalho.

O que fazer para manter a saúde mental no trabalho?

O profissional de segurança do trabalho pode aplicar diversas ações para melhorar e manter a saúde mental dos trabalhadores, que vão além de oferecer o equipamento de proteção individual adequado e cobrar o seu uso correto diariamente.

Sabemos que isso não é uma tarefa fácil, pois muitas vezes envolve fatores externos como falta de suporte e apoio social, por exemplo. Porém, é importante que a SST faça sua parte para criar um ambiente saudável dentro da empresa.

Veja no quadro abaixo as principais ações que podem ser colocadas em prática, bem como os seus respectivos benefícios.

AçãoDescriçãoBenefícios
Implementar programas de promoção da saúde mental no trabalhoDesenvolver e implementar programas de conscientização sobre saúde mental, incluindo palestras, workshops e campanhas informativas. Oferecer atividades de promoção do bem-estar mental, como yoga, meditação e práticas de mindfulness. Criar um canal de comunicação confidencial para que os colaboradores possam buscar ajuda e apoio.Aumenta a awareness sobre a importância da saúde mental no trabalho. Reduz o estigma em torno dos problemas de saúde mental. Promove um ambiente de trabalho mais positivo e acolhedor.
Treinar-se em saúde mentalBuscar conhecimento sobre os principais transtornos mentais, como ansiedade, depressão e estresse. Aprender a identificar sinais de sofrimento mental nos colaboradores. Desenvolver habilidades para oferecer suporte emocional aos colaboradores.Permite um atendimento mais eficaz aos colaboradores que estão enfrentando problemas de saúde mental. Contribui para a criação de um ambiente de trabalho mais seguro e inclusivo.
Colaborar com a equipe de Recursos HumanosTrabalhar em conjunto com a equipe de RH para desenvolver políticas e procedimentos que promovam a saúde mental no trabalho. Participar de avaliações de risco psicossocial no ambiente de trabalho. Auxiliar na implementação de medidas para prevenir o estresse no trabalho.Garante uma abordagem abrangente da saúde mental no trabalho. Promove a integração entre as áreas de segurança do trabalho e RH.
Orientar os gestores sobre a importância da saúde mentalInformar os gestores sobre os impactos negativos dos problemas de saúde mental na produtividade e na segurança no trabalho. Treinar os gestores para identificar sinais de sofrimento mental nos seus colaboradores. Orientar os gestores sobre como oferecer suporte emocional aos seus colaboradores.Contribui para uma melhor gestão da equipe por parte dos gestores. Promove um ambiente de trabalho mais saudável para todos.
Estar atento ao clima organizacionalObservar os indicadores de clima organizacional, como absenteísmo, presenteísmo, rotatividade de pessoal e índices de acidentes. Investigar as causas de um clima organizacional negativo. Sugerir medidas para melhorar o clima organizacional.Permite a identificação precoce de problemas que podem afetar a saúde mental dos colaboradores. Contribui para a criação de um ambiente de trabalho mais positivo e produtivo.
Ser um exemplo positivoCuidar da sua própria saúde mental. Praticar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, atividade física regular e sono de qualidade. Manter uma comunicação aberta e honesta com seus colegas.Demonstra aos colaboradores a importância de cuidar da saúde mental. Contribui para um ambiente de trabalho mais saudável para todos.
Ações de SST para melhorar a saúde mental dentro das empresas.

Qual o papel da SST para melhorar a saúde mental nas empresas?

A Segurança e Saúde no Trabalho assume um papel fundamental na promoção da saúde mental no ambiente de trabalho. Essa área crucial atua como aliada estratégica na construção de um ambiente seguro, saudável e positivo, impactando diretamente o bem-estar mental dos trabalhadores.

Mais do que prevenir acidentes e doenças físicas, a SST se preocupa com o bem-estar mental dos funcionários. Através de ações estratégicas e da colaboração com outras áreas da empresa, a SST contribui para a criação de um ambiente de trabalho acolhedor, livre de estresse e propício ao desenvolvimento profissional e pessoal dos colaboradores.

Ao investir na saúde mental, as empresas não apenas garantem o bem-estar de seus funcionários, como também colhem frutos em termos de produtividade, engajamento, retenção de talentos e redução de custos.

Lembre-se de que um colaborador mentalmente saudável é mais produtivo, criativo, resiliente e engajado em seu trabalho, ou seja, realmente veste a camisa da empresa e apresenta um ótimo desempenho contribuindo diretamente para o sucesso da organização.

Grande abraço e até o próximo conteúdo.
Fernando Zanelli

cta_blog_zanel_ebook_guia

Posts Relacionados

raspa-protege-contra-radiacao-ultravioleta

A proteção contra radiação ultravioleta é uma preocupação constante na segurança do trabalho, em especial...

abril-verde

Em 2022, foram notificados 612,9 mil acidentes de trabalho no Brasil, dentre eles 148,8 mil...

nr-5-a-importancia-da-cipa-na-promocao-a-saude-dos-colaboradores

As normas regulamentadoras servem para orientar as atividades de segurança e saúde do trabalho dentro...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *